Planejar uma viagem pode ser muito angustiante, ainda mais quando tempo e dinheiro entram como limitadores. Meu maior dilema é: conhecer bem ou conhecer mais? Esse é o mais difícil de todos, porque tenho curiosidade de sobra e tempo de menos. Será que dá pra fazer Paris, Londres e Roma em 12 dias? A resposta é: dá até pra fazer em menos dias se a ideia for riscar itens da lista.

Todo mundo viaja pra Europa, ou pelo menos essa é a impressão que a gente tem pelo Instagram, Facebook… E aí bate aquele desespero: só tenho dinheiro pra 15 dias de férias e preciso conhecer tudo. A gente não quer ficar pra trás. Ficar 2 dias em Paris pode render fotos pra um ano de postagens que vão fazer todo mundo suspirar, mas e você? Suspirou quando passou dois dias? Ou o único suspiro era o de alívio quando chegava no quarto de hotel com os pés em chamas?

Em dois dias a gente tira foto da Torre Eiffel, da pirâmide do Louvre, da Champs-Elysées, do arco do triunfo, do rio sena, da Sacré-Coeur, do Moulin Rouge, Da Notre-Dame e do jardim de Luxemburgo. Mas dá pra ser feliz numa viagem dessas? Ou a nossa felicidade é mostrar o quanto somos viajados nas redes sociais?

like

Já fiz alguns países em pouco tempo e a sensação que eu tenho é que tava apenas provando o sabor do sorvete e tô até hoje esperando pelas minhas duas bolas no cascão. Vou ter que ir lá nesses lugares buscar, é a única solução! Pra mim esse é o caso de cidades como Barcelona, Praga, Viena, Budapeste, Florença. Cada uma delas fica em países completamente diferentes um do outro.

Temos que praticar o desapego! Mesmo que fulaninho jure que não pode não ir em tal e tal lugar, é melhor deixar o país x pra uma próxima viagem porque simplesmente será impossível aproveitá-lo como ele merece em tão pouco tempo. Crie uma pasta, uma planilha, um caderno de viagens e guarde as dicas do fulano pra uma próxima oportunidade. Aproveite o caderninho e já vá  programando as futuras férias pra diminuir a ansiedade.

*Imagem daqui.