As Cinque Terre

As cinque terre são: Monterosso, Vernazza, Corniglia, Manarola e Riomaggiore. Mas a verdade é que não há muito pra se conhecer em nenhuma das cinco cidades. O interessante são as casas coloridas construídas nas falésias à beira mar. São lindas, principalmente vistas do mar. Mas uma vez lá dentro o que vemos são principalmente restaurantes, bares e lojinhas turísticas. Em poucos minutos é possível cruzar a cidade inteira. Foi aí que entendemos porque muita gente faz as cinco cidades em um único dia.

La Spezia e Riomaggiore

Pra conhecer as cinque terre nós montamos nossa base em La Spezia, uma cidade que fica ao sul das cinque terre. Pra chegar em qualquer uma das “terre” ou pra se locomover entre elas é preciso pegar um trem que tem um valor fixo de 4 euros independente se você vai pra primeira ou pra quinta “terre”. Também dá pra ir de barco, mas é bem mais caro. Muitos compram o passe diário, que dá direito a trens ilimitados, transporte público nas cidades (útil em Corniglia, pra evitar as várias escadas da estação até a cidade) e outras coisinhas mais. Mas eu tinha 3 dias por lá e resolvi fazer duas terre por dia e no último fazer uma + a que eu mais tivesse gostado. Maaas… mudança de planos. No primeiro dia fomos no fim da tarde pra Riomaggiore, demos umas voltas, tomamos um Spritz (bem italianos) e depois voltamos la La Spezia.

Vernazza, Monterosso e Manarola

No segundo dia começamos por Vernazza. E foi aí que começou a bater o desespero. Muuuita gente, engarrafamento pra entrar e sair do trem, difícil até de andar pela cidade e achar um lugarzinho pra sentar nos bares. Agosto definitivamente é um mês a evitar, é altíssima temporada, tudo lotado. Mas enfim, continuamos nosso tour e fomos pra Monterosso. Chegamos lá e ficamos ainda mais impressionados com a quantidade de pessoas! As cinque terre são pequenas, charmosinhas, não combina com tanta gente (na nossa opinião). De lá pegamos um barco até Manarola (aproveitamos pra ver Corniglia apenas de longe), conhecemos a quarta terre e resolvemos não voltar mais. Ps: a Via dell’Amore, que liga Manarola a Riomaggiore, está fechada (agosto-2017).

roteiro cinque terre italia-16
Vernazza
roteiro cinque terre italia-10
Monterosso
roteiro cinque terre italia-12
Manarola
roteiro cinque terre italia-21
Corniglia

La Spezia

Nosso terceiro dia foi apenas em La Spezia. Fomos no mercado, compramos molho Pesto (tradicional da região), presunto de Parma, queijo Parmesão. Andamos pela cidade, que por sinal tem um porto super bonito com vista pra montanhas, comemos e bebemos bastante.

Porto em La Spezia

Restaurantes em La Spezia

Pra quem vai ficar em La Spezia podemos indicar os restaurantes: Pulcinella (as pizzas são deliciosas e super baratas e pode pedir pra levar pro hotel ou pra comer na praça e não pagar o couvert). Trattoria Bellavista, comemos uma pasta ao pesto deliciosa. O molho tava super cremoso. La Pia Centenaria, ótimo pra comer pizza ou farinata por fatia. Se for pra sentar e comer de verdade, preferimos o Pulcinella.

Pulcinella
Trattoria Bellavista

Outra dica é sair mais cedo pra fazer o aperitivo. A maioria dos bares servem comidinhas de graça junto com os drinks de alcool mais forte, tipo o Spritz. Fomos no Café del Mercatto por acaso, pedimos dois Spritz e chega na mesa, além dos drinks, amendoim, batata chips e um prato com foccacia rechada com pesto, com presunto cru, com queijo… enfim, ficamos até sem fome depois. E o melhor, cada drinks por apenas 6 euros (a comida é cortesia e não pagamos couvert).

Caffe del Mercatto

Dica: O “COUVERT” é uma taxa que você paga só por sentar. Tipo um serviço fixo. E é por pessoa. Em Roma essa prática é proibida, mas em Bérgamo, La Spezia e Turim vimos isso em todas os restaurantes. Normalmente é 2 euros por pessoa, mas também vimos por 1 e 3 euros.

Anúncios